O coreógrafo Fly fará um flash mob na AV Beira Rio em Joinville neste sábado


Atenção: no meio da tarde deste sábado poderá haver uma alta concentração de energia interrompendo o trânsito na avenida José Vieira, mais conhecida como Beira-rio, na região central de Joinville. É quando ocorre um flash mob organizado pelo Festival de Dança de Joinville, com o coreógrafo Fly à frente do trio elétrico que coordenará o evento instantâneo. Há cerca de duas semanas, bailarinos de todo o Brasil estão ensaiando os passos criados por Fly para a composição do flash mob mas, na hora, vale também os movimentos dessincronizados de quem quiser aprender na hora e participar. A coreografia é simples, com passos descomplicados para que seja acessível a dançarinos e não-dançarinos. A ideia é que o evento reúna o maior número de pessoas em frente ao Centreventos Cau Hansen para que, juntos, dancem ao som da trilha oficial do Festival de Dança. — Há, no refrão, quando a música diz "pra dançar, dançar, dançar e ser feliz", um momento em que todo mundo pode dançar como quiser — conta ele. O coreógrafo tem experiência no assunto: ele foi um dos criadores dos movimentos do maior flash mob da história, aquele que ocorreu sob a música Francisco, quando 3 milhões de pessoas dançaram na praia de Copacabana durante a Jornada Mundial da Juventude para dar as boas-vindas ao papa, em 2013. Por isso, acredita no quanto um evento como esse pode contagiar a população. — A dança tem este poder e pude presenciar isso naquele dia, como ela mexe com as pessoas e faz com que elas se unam para o bem — afirma Fly.

Há 16 anos, quando foi convidado para participar do Festival de Dança de Joinville pela primeira vez, o coreógrafo tinha como missão compor uma banca de jurados. Quis o destino que ele tivesse uma experiência que faria com que sua presença em Joinville no mês de julho fosse constante: ele aceitou substituir o apresentador do Palco Aberto e gostou da "brincadeira". Desde então, a viveu a experiência várias outras vezes, além de oferecer aulões ao ar livre durante o Festival. — É o que mais gosto de fazer: ir para a rua, divertir o povo e botar todo mundo para dançar. Agende-se: O QUÊ: Flash Mob. QUANDO: sábado, às 15 horas. ONDE: o ponto de encontro é entre o Centreventos Cau Hansen e o Expocentro Edmundo Doubrawa, na avenida Beira-rio. QUANTO: gratuito.

#festivaldedançadejoinville

2 visualizações0 comentário